quarta-feira, 30 de abril de 2014

¿no es así?

No veo razón para etiquetar nada. ¡Yo soy yo!


as vezes o amor ta tão grande aqui dentro que não sei como expressar ele.
é mais fácil a raiva e a ira sair...sair ferindo machucando e toda desajeitada ferindo mas explodindo , e o amor fica todo tímido com vergonha de parecer fragilidade. 
El truco está en disfrutar la vida, aceptando que no tiene significado.

sábado, 5 de abril de 2014

A solidão é a maior liberdade

a solidão que todos temem e sofrem tanto quando chegam pertinho, e depois vão sentindo ela fria e solitária ...sofrem
Mas não dói, ela é tipo a irmã bastarda que você nega que ela exista , mas sim.
   Ela existe !
Ela é legal, é de se confiar ...
 Porque é você com você, onde você pode encontrar alguém dentro do seu interior e conversar a vontade. Ouvir e ser ouvido...sem julgamentos, medos, repressões, sem falsidades e todas as mentiras;;;
Ficar sozinho, sentir a pele, falar sozinho, e acreditar só em você, o mundo é mentiroso, eu faço parte dele, eu minto também...deve ser proteção, mas eu minto.
Pessoas felizes são as mais tristes.

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

2014 uma menina nasceu para recomeçar

ser menina e ser mulher.
eu sei que eu ainda tenho muito de menina, porque eu deito e olho o céu imagino desenhos , faço birra, mostro a língua , choro, me desfaço e despedaço depois esqueço brinco como criança , dou risada, me alegro e esqueço das mágoas.
Tenho dúvidas, questões, eu farejo, sinto curiosidades ainda presa em meu ninho.  Apenas sonho igual uma menina ouvindo música e vendo o mundo pela televisão e dentro da minha cabeça.
Minha energia vital é tão intensa e desperta.
Ser mulher não sei se é fingir os medos de menina. Ou encarar eles de frente e desviar, independente das consequências, mulher não tem medo de ficar sozinha, e menina precisa de passos pra ser guiada, porque se torna mais dependente .

Mas menina pode sair caminhando cantarolando e crescendo, aprendendo com a vida...sozinha.

e com muito amor, porque menina tem o coração derramando amor, mesmo precisando de colo para carinho de conforto e depois dançar, sem máscaras.
Mulher pode ter máscaras. Porque a vida ensinou.
conflitos só por causa de palavras. aff....


feliz 2014!

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Segura, segura e não larga essa tal de felicidade !

Eu andei lendo algumas coisas pela internet sobre a geração "Y" que são jovens de 20 a 33 anos, eu faço parte dessa galera, dizia algo que somos jovens que não sabemos viver sem a tecnologia, internet, facebook, instagram, e que felicidade era sinônimo de ter uma carreira profissional bem sucedida! 
  E é verdade em partes, eu não sei se sou Y, X , W (risos) mas que antes as pessoas exigiam das moças um bom casamento, filhos saudáveis e cozinhar bem, e dos rapazes sustentar e manter bem a família. 
 Hoje você esta terminando o colégio e já estão obrigando a pensar no "futuro" , cursinhos preparatórios para vestibulares, pesquisar sobre profissões, algumas vezes incentivados pela família ou seguir carreiras dos pais, tios, avôs outras vezes os pais deixam que os filhos sigam o que amam , ou acreditam gostar tanto pela carreira ou pelo dinheiro. 
 Você termina essa faculdade, começa a trabalhar na área escolhida, precisa correr atras de contatos, tanto sejam eles puxando o saco,puxando o tapete de outros colegas, fazendo sexo para conseguir algo melhor, impressionando com dotes profissionais, sugando experiencias dos outros.  Desespero total tanto honestamente ou na pilantragem!
Mas a questão é: você precisa ser bem sucedido no teu trabalho. A meta sempre é o sucesso e reconhecimento, esse vem por elogios e sucessivamente dinheiro na tua conta. 
Conheço pessoas que estudaram carreira por exemplo de direito, seguiu como esta escrito a regra da sociedade, mas decidiu viajar , ir trabalhar de qualquer coisa por pouco tempo e seguir viajando pelo mundo, aprendendo, conhecendo, sim...solitário, mas um "trotamundo". 
 E sabe o que pensam desta pessoa? "coitado é uma pessoa perdida, não desenvolveu uma carreira, vai envelhecer sem uma boa aposentaria de um advogado " 
 Não estou falando mal de profissionais, de pessoas bem sucedidas, não é recalque de nada! 
Eu não consigo ver importância em correr atras de sucesso, creio eu que as coisas acontecem naturalmente , o importante pra mim é estar viva, claro se eu ficar igual caranguejo a maré vai me levar! Eu tenho um faro e vou seguindo ele aos poucos, estou desenvolvendo e desabrochando igual uma flor sem pressa. O importante que vivo! 
 Acredito que existem coisas que realmente necessitem de pressa...

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

feliz dia das bruxas !!!

Dizem que não somos donos de ninguém, somos livres, eu sempre me senti assim na verdade nunca questionei a liberdade porque nunca tive isso de sentir ser dona de ninguém e sempre fugi de quem se fizesse dono de mim.(ou tentei) me senti sempre um passarinho debatendo numa gaiola quando sentia uma cordinha me puxando.
Mas eu tive vários sentimentos este ano, perdi meu primo, quase foi minha mãe.
Isso fez que eu ficasse mais próxima da minha família, das minhas tias, que eu vi como extensão da minha mãe e continuação da minha avó, eu tenho dna delas no meu sangue, jeitos e trejeitos de muitas mulheres de personalidade forte. Que eu visse as amizades de verdade, observar as pessoas...
Andar na rua, parar e respirar fundo lembrar de tudo que eu vivi nesses quase 25 anos de vida.
Eu to reaprendendo que o amor é lindo e livre.
Isso me deixou calma que as pessoas vão embora um dia seja morrendo ou escolhendo outros caminhos, mas o amor nunca morre. Ele fica ali no momento, nada , nem ninguém vai mudar o que aconteceu, a intensidade de um grande amor ou de uma mãe que morreu.
Como eu pensava a vida é uma roda gigante, ela sobe, para e depois desce...para um pouquinho ...depois sobe aos poucos.
Mas é linda e brilhante, colorida e é atrativa :)
acho q todo mundo devia ser leve e menos estressado, eu acho q to deixando a sociedade normal me levar com estresse e preocupações e to deixando minha essência hippie-doidona-liberal de lado é vou dançar pra lua ! beijos

terça-feira, 18 de junho de 2013

junho! quermese

na minha pequeneza de menina/mulher ...eu tenho uma gigante brava e folgada que a voz interna sai pra fora maior que o meu tamanho...
que não consegue engolir cantadas nojentas dos homens nas ruas,
ou de alguma reação que eu julgo injusto e provocativo ...
Uma vez uma amiga que é religiosa me disse que eu deveria ir ao terreiro ver se meu santo não é masculino por querer sempre encarar os homens mano a mano ...ou se tenho alma de cigana que briga muito e se orgulha disso. Quiçá meu sangue latino, espanhol e índigina ,  ou presenciar brigas domésticas na infância, eu tenho esse orgulho de me mostrar sempre forte e firme, esconder a doçura, como forma de fragilidade , expondo meu EU que sente e chora quando esta triste, e comovida por algo.
Mulher macho sim senhô ! daquelas que já brigou com muitos homens por receber "cantadas" escrotas, nomes nojentos, e olhares asquerosos de homens que agiam como lobos famintos , assim como muitas mulheres sofrem....e também de me meter em confusão por não deixar um homem ser a última palavra impondo violência e ameaças de força masculina.  
Mas pensando bem ... muita coisa ruim evito se eu ignorar algumas coisas que podem ser relevadas , muitas coisas se eu controlar meu ser explosivo interior ..
ai ai ...
melhor cuidar do meu coração e da minha pele ! (com muito hidratante , e tampar os ouvidos para besteiras)

quarta-feira, 10 de abril de 2013

abril

Sinto o abraço do tempo apertar
E redesenhar minhas escolhas
Logo eu que queria mudar tudo
Me vejo cumprindo ciclos, gostar mais de hoje
E gostar disso
Me vejo com seus olhos, tempo
Espero pelas novas folhas
Imagino jeitos novos para as mesmas coisas
Logo eu que queria ficar
Pra ver encorparem os caules
Lá vou eu, eu queria ficar
Pra me ver mais tarde,
Sabendo o que sabem os velhos
Pra ver o tempo e seu lento ácido dissolver o que é concreto
E vejo o tempo em seu claroescuro
Vejo o tempo em seu movimento
Me marcar a pele fundo, me impelindo, me fazendo
Logo eu que fazia girar o mundo,
Logo eu, quem diria, esperar pelos frutos
Conheço o tempo em seus disfarces, em seus círculos de horas
Se arrastando feito meses se o meu amor demora
E vejo bem tudo recomeçar todas as vezes
E vejo o tempo apodrecer e brotar
E seguir sendo sempre ele
Me o tempo todo começar de novo
E ser e ter tudo pela frente



      Março me apresentou a morte bem de perto , dentro da minha família... meu primo faleceu, foram dias bem tristes, ainda são quando eu vejo minha mãe se lamentando e falando dele. 
Várias coisas estão acontecendo ao mesmo tempo, que me fazem crescer , as vezes quero ir contra isso e fazer birra de criança me jogando ao chão berrando depois ficar no meu esconderijo deitadinha em posição fetal , segura do mundo. 
   Respiro fundo ... esvazio a mente... depois  penso ,penso ,  deixo passar.. vai passar..